sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

CRIANÇA É ENCONTRADA ÁS DUAS HORAS DA MADRUGADA ABANDONADA EM ALTAMIRA

.Era por volta das duas horas da madrugada  quando um grupo de rapazes que trabalham fazendo rondas pelos bairros da cidade, encontraram essa criança que pode ter três ou quatro anos perambulando pelas ruas do reassentamento urbano Jatobá. A criança estava bastante assustada, pois não sabia onde estava.
Um dos rapazes do grupo acionou a polícia militar que alertou o conselho tutelar quanto a questão do abandono de incapaz.
O procedimento de  auto de entrega da criança aconteceu ás duas e meia da madrugada. A criança estava sozinha sem saber para onde ir. Mesmo com a presença da conselheira tutelar, a mãe da criança foi apenas notificada. O sargento da equipe policial que atendeu a ocorrência falou sobre o assunto.
Uma testemunha contou a equipe de reportagem que o abandono de incapaz acontece quase que diariamente. E que a mulher acusada de deixar a criança sozinha tem mais duas crianças, e que a mulher sai para beber todas as noites.

Por: Sidalécio Souza 
Fotos: José Antony

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

ACUSADO DE MATAR EMPRESÁRIO COM 12 FACADAS É PRESO


Acusado de matar empresário com 12 facadas é preso (Foto: Wellington Hugles)
(Foto: Wellington Hugles)
Um homem acusado do latrocínio de um comerciante, no municípioe Tucuruí, foi detido na manhã  ddessa terça-feira (17). A vítima foi morta com 12 facadas. O acusado teria confessado o crime, segundo informações da Polícia Civil da cidade.
O acusado – identificado como Roberto da Silva, 26 anos, vulgo “Neném” – matou o comerciante Orlando dos Santos Souza, 56 anos, na tarde do último domingo (15). Roberto teria consumido quantidade de cocaína momentos antes do crime e discutiu com a vítima, segundo depoimento do acusado.
O corpo de Orlando dos Santos foi encontrado em um terreno baldio no bairro da Bela Vista, em Tucuruí, na tarde da segunda-feira (16).
Roberto da Silva está detido na Seccional de Tucuruí e será transferido para o Centro de Recuperação Regional do município, onde aguardará julgamento.
(DOL com informações Wellington Hugles/Diário do Pará)

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

POLÍCIA CIVIL PRENDE TRAFICANTES DURANTE A MANHÃ DESTE DOMINGO

A detenção de dois funcionários do CCBM foi em um terreno baldio em Altamira, na Rua Cel. José Porfirio entre Pedro Gomes e Agrário Cavalcante, os dois foram flagrados vendendo entorpecentes para usuários de drogas.
Uma determinada quantidade de Maconha foi apreendida e esse material deve passar por exames no CPC Renato Chaves pra comprovar a substância nociva ao organismo, o dinheiro já apurado pela dupla também foi apreendido.
No local da apreensão a polícia já tinha recebido várias denúncias do comércio criminoso de drogas, até que nesta manhã de domingo o Del. Vitor Juaçaba e Mauricio Mota conseguiram êxito na prisão. A dupla foi presa em flagrante e vão reponder com base no artigo 33º do Código Penal, por tráfico de drogas.
"São dois vendedores desse mal social que é a droga, que estamos tirando de circulação, a dupla fazia essa venda periodicamente no local, monitoramos a ação deles até que nesta manhã eles levaram a pior e prevaleceu a lei e direito da sociedade de viver em paz naquela área, agora cabe ao judiciário fazer as devidas acareações e puni-los na forma da lei" disse Maurício.
Por: Felype Adms.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

NORTE ENERGIA ESCLARECE INVERDADES DIVULGADAS NO BLOQUEIO VIOLENTO DE 09/02

Desde a madrugada do dia 9/02, um grupo de indígenas bloqueia com o uso de violência o Travessão 27 da Rodovia Transamazônica, que dá acesso ao Sítio Pimental, onde se concentram as obras da Casa de Força Complementar da Usina Hidrelétrica Belo Monte. O pretexto é o de que a Norte Energia não cumpre as ações referendadas pela Funai e demais órgãos responsáveis pelo acompanhamento das obras condicionantes da Usina Hidrelétrica Belo Monte.
Dentre os atos violentos do grupo, está a retenção de trabalhadores como reféns por horas, o que só foi resolvido com a ação da Norte Energia. E vários veículos da Empresa continuam retidos pelo grupo.
As inverdades divulgadas pelos manifestantes quanto às ações previstas no Projeto Básico Ambiental – Componente Indígena (PBA-CI) levam a Norte Energia a esclarecer e demonstrar que, em sintonia com as deliberações exclusivas do poder público, mantém o rigor no cumprimento dos compromissos que beneficiam as comunidades indígenas da área de influência da Hidrelétrica. São ações em diversas frentes, como: 
Água potável: Todas as 34 aldeias beneficiadas pelo PBA-CI terão as obras entregues no primeiro semestre de 2015. Dezenove delas (55,8%) estão praticamente finalizadas (entre 90% e 95% de execução); oito (23,5%) têm dois terços do trabalho concluído (65%). Em seis comunidades, as reformas e ampliações logo serão iniciadas.
Esgotamento Sanitário: A Norte Energia cumpriu os requisitos da Secretaria Especial de Saúde Indígena, do Ministério da Saúde (SESAI-MS), que autorizou o levantamento de campo nas 34 aldeias em dezembro de 2014. Até o final de fevereiro, será concluído o ajuste desses projetos executivos. Terminada a adequação à realidade de cada aldeia, empresas construtoras serão contratadas para realizar as obras.
Unidades Básicas de Saúde: Após atender as exigências da SESAI-MS, a Norte Energia obteve a aprovação de dois modelos das unidades e já contratou as construtoras para iniciar as obras dos 34 projetos aprovados para as aldeias.

Escolas indígenas: os projetos de escolas nas 34 aldeias indígenas já estão prontos e foram elaborados e aprovados em conjunto com professores indígenas e não-indígenas e representantes das secretarias municipais de Educação da região, da Fundação Nacional do Índio (Funai) e do Ministério da Educação (MEC). A Norte Energia agendou a visita técnica das empresas candidatas a construir as escolas nas aldeias. Porém o grupo que bloqueia o Travessão 27 impediu, no  dia 10/02, que essa atividade acontecesse.
Energia elétrica: A Empresa articulou com a Casa de Governo, Ministério das Minas e Energia e outros órgãos a inserção das 34 aldeias no programa Luz Para Todos, do Governo Federal. Já se iniciaram os procedimentos técnicos para interligar à rede regular de distribuição de energia elétrica as aldeias Paquiçamba, Miratu e Furo Seco, da Terra Indígena Paquiçamba, e a aldeia Terrawangã, da Terra Indígena Arara da Volta Grande do Xingu.
Estradas: A Norte Energia reconstruiu e reformou 424 quilômetros de estradas de acesso para as 34 aldeias da área da UHE Belo Monte. Nos acessos viários das três aldeias da Terra Indígena Paquiçamba, a Empresa recuperou 29 quilômetros. Na TI Arara da Volta Grande do Xingu, dos 34,6 quilômetros de acesso ao rio Xingu, 20,6 quilômetros foram concluídos, e 14 quilômetros estão em andamento. Nas vias de acesso internas desta TI, está em elaboração o inventário florestal em 23,4 quilômetros, indispensável para o início das obras.
Casas: Estão sendo construídas 711 casas de moradia nas aldeias. O padrão dessas residências foi aprovado pelas próprias comunidades indígenas.
Todas as ações da Norte Energia são aprovadas pela Funai e monitoradas por um comitê de acompanhamento integrado por representantes das aldeias localizadas na área de influência do empreendimento.
A Empresa reafirma seu compromisso com o diálogo e lamenta que interesses alheios a esse processo desprezem o trabalho conjunto realizado pelo comitê de acompanhamento das ações do PBA-CI, pela Funai e pela Empresa.
Norte Energia S.A.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

INVESTIGADORES DA POLÍCIA CIVIL DE URUARÁ REAGEM A ASSALTO E METE BALA EM ASSALTANTES EM BELÉM

Investigadores de Polícia Civil de Uruará reagem a assalto e matam assaltante em Belém
Um assaltante morreu e dois ficaram feridos após tiroteio na tarde desta terça-feira (10) no bairro do Umarizal, em Belém. De acordo com informações da Polícia Civil, os investigadores, Sílvio Alex e Célio Salvador, reagiram com tiros à abordagem de dois homens em uma motocicleta, durante uma tentativa de assalto.
Os dois assaltantes foram baleados e encaminhados ao Pronto Socorro do Umarizal, mas um deles não resistiu aos ferimentos e morreu. Um dos investigadores, Sílvio Alex, também foi atingido por um tiro de raspão no braço, mas está fora de perigo.
 Braço atingido do investigador Sílvio Alex
Os policiais civis envolvidos no caso são lotados na delegacia de polícia civil de Uruará, Pará e estavam de folga em Belém. Após o tiroteio, ambos se apresentaram na Divisão de Homicídios da Polícia Civil. 
Por: Joabe Reis
Sistema Regional de Comunicaçaõ

BANDO EXPLODE BANCO EM BAIÃO E ATACA QUARTEL DA POLÍCIA MILITAR

Bando explode banco em Baião e ataca quartel da PM (Foto: Reprodução @Plantao190Para)
(Foto: Reprodução @Plantao190Para)
Cerca de seis assaltantes explodiram e roubaram a agência do Banco do Brasil no município de Baião, nordeste paraense, na madrugada dessa quinta-feira (12). Segundo informações de moradores, houve tiroteio intenso entre os criminosos e policiais militares.
A ação durou cerca de 30 minutos e, de acordo com testemunhas, os bandidos se dividiram em dois grupos: um deles cercou o quartel da polícia, localizado no Bairro Novo, para impedir a reação dos agentes; e o outro explodiu o cofre da agência.
Os criminosos chegaram ao local em um veículo do tipo sedan e fugiram em uma caminhonete branca roubada. Na fuga, houve tiroteio intenso entre os policiais e os assaltantes. Um veículo que passava pelo local teria sido atingido na troca de tiros.
Além de assaltar agência do Banco do Brasil, assaltantes atacaram quartel da Polícia Militar localizado no município. Foto: Reprodução @Plantao190Para
A agência da cidade de Baião havia sido reaberta há pouco tempo, após ficar fechada desde o dia 11 de setembro de 2014, por causa de outro assalto. Nessa quinta-feira (12), os funcionários do município seriam pagos pela Prefeitura.
Ainda não informação da quantia levada pelos assaltantes.
Bando invadiu agência na madrugada dessa quinta-feira (12) e trocou tiros com a Polícia Militar. Foto: Reprodução @Plantao190Para
(DOL com informações Evandro Pantoja/RBATV)

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

PROJETO DA EMATER QUER RESGATAR A PRODUÇÃO DE HORTALIÇAS FOLHOSAS EM BRASIL NOVO (PA)


Um projeto da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará(Emater), em Brasil Novo, na BR 230, a Transamazônica, tenta resgatar a produção de hortaliças folhosas no município. A alternativa apresentada é a produção no sistema hidropônico, que evita o contato com o solo a possibilidade de ataques de pragas e doenças.
Em Brasil Novo, segundo dados da Emater, em muitas áreas praticamente já não existe mais a produção de hortaliças no modelo tradicional porque o solo está infectado pela septoriose: um fungo que germina sobre as folhas ou material orgânico no solo e cresce ao ponto de destruir toda a produção. Foi o que ocorreu na propriedade do senhor José Dias do Vale, após dois anos, o agricultor de 85 anos, esta resgatando a oportunidade de produção de alface depois que Emater implantou na área dele um sistema hidropônico.
Segundo o engenheiro agrônomo da Emater, Giovane Couto, a produção ocorre nos moldes agroecológicos, sem a utilização de agrotóxicos o que resulta na agregação de valor ao produto e mercado garantido. “Aqui no município muitas áreas estão infectadas com o fungo, quem ainda produz no modelo tradicional, plantio direto no chão, chega a perder até 90%. O processo de tratamento no solo é longo”, acrescenta Couto.









Por conta do problema no solo, a Emater já implantou uma Unidade de Demonstrativa (UD) de produção hidropônica, na Escola Carlos Pena Filho, na zona rural de Brasil Novo. A UD trabalha especialmente com alunos do Mais Educação, ensinando o cultivo nesta modalidade, além capacitar também professores e até pais de alunos no processo de produção.
Por: Iolanda Lopes
Fonte:Ascom Emater Pará

BANDIDOS FORTEMENTE ARMADOS ASSALTAM BANCO EM RURÓPOLIS E FAZEM CLIENTES REFÉNS



As primeiras informações dão conta de que pelo menos 11 homens fortemente armados invadiram a Agência do Banco da Amazônia S/A – BASA no Município de Rurópolis – PA O na manhã desta quarta feira (11).De acordo com as primeiras informações, ao chegar em frente a agencia do Banco da Amazônia começaram a atirar para todos os lados com o intuito de intimidar a Policia Militar e apavorar a população. Ainda de acordo com as informações repassadas via facebook por testemunhas, o assalto durou em média 30 minutos, e enquanto alguns assaltantes estavam dentro da agencia efetuando o assalto, outros estavam com os reféns na frente da agencia.
Após a ação os assaltantes fugiram em duas caminhonetes levando reféns e deixando para traz a agencia parcialmente destruída e a população apavorada. 
A Polícia seguiu em perseguição aos bandidos a distancia, e a informação é de que os bandidos teria entrado em uma estrada Vicinal conhecida como Vale Verde, estrada que dá acesso à cachoeira do Grim, ponto turístico bem conhecido do Município de Rurópolis.



Fotos e Informações: Gilberto LeiteFonte: Gilberto Leite

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

DEPUTADO ERALDO PIMENTA FALA DA ALEGRIA DE PODER REPRESENTAR O OESTE DO PARÁ

“Compartilho a minha alegria com todos que acreditaram nesse projeto”, diz o Deputado Eraldo Pimenta
Em entrevista ao jornalista Joabe Reis o deputado Estadual, Eraldo Pimenta (PMDB), empossado no dia 1º de fevereiro na Assembléia Legislativa do Pará (ALEPA), disse que agora a população tem vez e voz na Casa de Leis. O deputado não se esqueceu de mencionar a importância das famílias da Região Oeste na sua eleição.
“É motivo de muita alegria estar entre os 41 deputados do estado. O meu abraço especial para todos da Tran.samazônica, Oeste do Pará, BR 163, Xingu e Tapajós que fizeram com que Eraldo Pimenta em sua pequena Transamazônica juntamente com o pequeno oeste do Pará, que é como eles chamam aqui que é um gigante a região metropolitana, que nós também temos voz que acordamos e que realmente queremos ter representantes dessa região e hoje eu tenho toda a certeza disso de fato ocorre, inclusive com a minha indicação para presidir a Comissão de Meio Ambiente, Recursos hídricos e Mineração para que a gente possa discutir assuntos relacionados a toda essa região oeste do Pará. Compartilho a minha alegria com todas as famílias dessa região e com todos os amigos que acreditaram nesse projeto e até com os que não acreditaram, ma que agora eu sou um deputado de todos, deputado do estado e farei todo o possível para retribuir a gentileza do voto de confiança de cada um dessa região”.
Eraldo Pimenta também é Membro Titular da Comissão Permanente de Agricultura
Por : Joabe Reis